5 NOITES NA ITÁLIA – VIAGEM RÁPIDA

Se você dirige dá para fazer o roteiro abaixo rapidinho pela Itália e aproveitar o que há de melhor! É só seguir nossas dicas e arrumar as malas. Claro que podemos adaptar o roteiro para cada caso, nesse, vamos considerar a chegada e a saída por Milão, por se tratar de uma cidade grande com muitas ofertas de voo.

 

Então você chega em Milão, já com carro locado para todo o período da viagem. Para não ficar tão cansativo, dorme essa primeira noite em Milão e aproveita já para ir jantar na capital da Lombardia. Se você quiser um jantar mais sofisticado, aqui vai uma pequena lista de sugestões: Ristorante Cracco, Ristorante Sadler, Enrico Bartolini – Mudec, Il Luogo di Aimo e Nadia, ou o Seta que fica no Mandarin Oriental. Se a intenção for algo mais local, é só desembarcar no Quartiere Brera, um bairro com ar mais boêmio.

 

Na manhã seguinte continuamos viagem até Módena (180km de Milão), e lá você poderá visitar o Museu Casa Enzo Ferrari e também sugerimos um tour para conhecer a famosa produção de Vinagre Balsâmico na Acetaia Malpighi ou na Acetaia Comunale di Modena. Módena é também local de um dos melhores restaurantes do mundo, o Osteria Francescana, dono de 3 estrelas no Guia Michelin. Caso não consiga reserva nesse, há outras opções como o L’Erba del Re, o Strada Facendo e a Clinica Gastronomica Arnaldo. Após todos os passeios, é hora de dormir e já colocamos a hospedagem em Bolonha para facilitar toda a logística. Bolonha fica 44km de Módena.

 

Bolonha é surpreendente, talvez por não ser tão famosa, mas encanta logo quando você chega ao centro da cidade. Conhecida como La Rossa (A Vermelha) por causa de seus prédios medievais de terracota, é capital da Emília Romanha, apelidada de La Grassa (A Gorda), pois foi lá que fizeram o famoso molho bolonhesa (que você vai pedir como ragù) e a nossa querida lasanha! A principal praça é Piazza Maggiore ontem temos a Basilica di San Petronio. As Torres Asinelli y Garisenda são também símbolos da cidade, a partir das torres é possível percorrer a Via Zamboni até a Porta San Donato. Mas voltando a falar de comida, o Mercato di Mezzo, e toda a sua região que faz parte do Quadrilatero devem ser visitados! A Osteria dell’Orsa é uma das mais famosas, mas a fila de espera também é famosa! Também fica como dica o Ristorante Marconi. O prato típico da região é o Tagliatelle ao Ragù.

 

Já deu para passear e conhecer restaurantes, e aí colocamos mais uma noite em Bolonha só para dormir e continuar viagem até Veneza que fica há 160km de distância. Os canais e as pontes de Veneza não precisam de muita descrição, é exatamente tudo aquilo que você espera. O Grande Canal, a Ponte Rialto, a Ponte dos Suspiros, temos também a Praça de São Marcos com a Basílica de São Marcos e o Campanário (a torre que fica na praça). Além disso, alguns restaurantes para tornar a viagem ainda melhor: Antica Osteria Cera, Quadri Ristorante, Il Ridotto, Osteria da Fiore, Dopolavoro, Met, entre outros… E para não ter problemas para carregar bagagens pelas ruelas de Veneza, vamos deixar a hospedagem para Mestre ou algo próximo.

 

Agora é hora de voltar para Milão e no meio do caminho parar em Verona (a cidade de Romeu e Julieta), a Piazza Brà é uma das mais famosas, onde se encontra a Arena (terceiro maior anfiteatro na Itália). E a Piazza delle Erbe praticamente ao lado da Casa di Julieta e da Piazza dei Signori. De Veneza a Verona são cerca de 120km e de Verona a Milão mais 170km.

 

Acabará chegando em Milão no final da tarde, onde pode ir em um dos restaurantes mencionados no começo ou conhecer outra região boêmia que é Navigli se você gosta de barzinhos e restaurantes mais descolados. E na manhã seguinte ir conhecer a imponente Duomo di Milano ao lado da Galeria Vittorio Emanuele. Se ainda assim sobrar tempo, e dinheiro, o Serravalle Designer Outlet fica aproximadamente 1h de carro de Milão e tem ótimos preços nas grifes mais importantes.

 

Então temos no roteiro:

1ª noite: Milão

2ª e 3ª noite: Bolonha

4ª noite: Veneza (Mestre)

5ª noite: Milão

Sem comentários

Enviar um comentário